contra corrente

numa altura em que os leitores têm cada vez mais participação na vida dos jornais e das revistas, no comentário às notícias, na opinião, nos comentários nos sites, e até mesmo na realização de notícias ou envio de fotografias, kim fletcher escreve hoje no suplemento media do the guardian um texto a questionar tudo isso.

Opinionated journalism was so much easier when you did not have readers interfering. In the old days, you got a few letters to reassure you there were readers and you replied or binned them according to disposition.

que lugar afinal têm os leitores nos jornais? não deviam ter ficado por aí, como leitores apenas?

para quem se interessa em jornalismo, fotojornalismo, e nas questões emergentes dos chamados cidadãos-jornalistas

technorati tags:, , ,

Blogged with Flock

Advertisements

2 Responses to “contra corrente”

  1. correndo o risco de ser do contra acho que recorro, uma vez mais, ah sabedoria popular: cada macaco no seu galho.

  2. concordo, embora até admita algum envolvimento dos leitores, mais que não seja para os que fazem jornais não se esquecerem que existem ppor causa dos leitores.

    há é um excesso e uma moda vertiginosa sobre o tema. e finalmente um tipo diz alguma coisa. se fosse eu ou tu niguém ligava…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: